Novas receitas

Sanduíche da semana: Sanduíche de Porco com Erva-doce Cutty

Sanduíche da semana: Sanduíche de Porco com Erva-doce Cutty


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Descobrindo um sanduíche com um ótimo pão em Boston

Yelp / Everett P.

Cutty's

Se você me perguntar, o pão de Boston costuma ser um fracasso completo. A maioria dos pães que você encontrará são macios, sem graça e brancos e / ou incrivelmente doces. Viajando na T no inverno passado, não pude deixar de rir quando um casal britânico culpou a obesidade americana na quantidade de melaço e açúcar que colocamos em nossos pães. Infelizmente, isso torna difícil, mas não impossível, encontrar um ótimo sanduíche em Boston.

No último fim de semana, comi um excelente sanduíche de funcho de porco no Cutty’s em Brookline Village, nos arredores de Boston propriamente dita. Consistia em carne de porco assada lentamente (um especial de sábado), erva-doce em conserva e alho assado empilhados em um pãozinho macio, mas com levedura de gergelim. O funcho acrescentou uma dimensão interessante à carne de porco sem dominar a carne. Meu caixa me informou que o padeiro deles costumava trabalhar em Panificação de farinha clara em Brookline, o que explica por que o pãozinho era mais do que apenas um pão de cachorro-quente. Esse detalhe também me convenceu a comprar o brownie de chocolate Taza, escolha da qual não me arrependo. Foi o brownie de chocolate perfeito.

O interior do Cutty’s é uma mistura entre uma padaria e uma delicatessen de bairro, semelhante à localização do Amy’s Bread na Hell's Kitchen, na cidade de Nova York. Quando entrei um pouco antes do meio-dia no sábado, as cerca de 10 mesas estavam quase cheias com os moradores locais. Quando saí do Cutty's, 15 minutos depois, a fila do sanduíche estava fora da porta. A espera vale a pena. Seus preços são impressionantemente baixos e seus outros sanduíches especiais que experimentei, o "Spuckie" e a berinjela Spuckie, são tão bons quanto seu funcho de porco. Vá antes que o pão acabe!

Conhece um ótimo sanduíche que deve ser apresentado? Deixe-nos saber por e-mail ou comente abaixo! Clique aqui para outros sanduíches em destaque.


Almoçar alguém? Cutty's

“Este é o melhor sanduíche que já comi”, disse um amigo em uma visita recente ao Cutty's. Ela tinha acabado de dar uma mordida no lendário sanduíche Roast Beef 1000 de Cutty. Eleita a Melhor Sanduicheria de Boston prêmio Best of Boston de 2011 da revista, o restaurante Brookline também recebeu elogios merecidos da Zagat e Stuff Magazine. Para dizer o mínimo: esses sanduíches são de outro mundo.

É a combinação de ingredientes que torna os sanduíches do restaurante tão únicos. Rosbife é misturado com chalotas fritas crocantes, acelga refogada e bacon; a carne de porco assada lentamente é combinada com erva-doce em conserva, e o pimentão de presunto vem com pickles doces, em vez do endro usual. Eles também fazem um queijo grelhado básico ($ 4,35), sanduíche de peru ($ 6,75) e sanduíche de presunto ($ 6,85), mas por que você iria querer isso?

Localizado na Washington Street, o Cutty's serve café da manhã e almoço seis dias por semana. Ele usa ingredientes locais orgânicos e carnes sem antibióticos, e o pão fresco é cortesia do Iggy's, em Cambridge.

O pequeno café está em operação há apenas cerca de um ano e meio, mas já conseguiu construir uma base de fãs leais e dedicados. Os proprietários de Cutty, marido e mulher Charles Kelsey e Rachel Toomey, se formaram no Culinary Institute of America e foram ex-editores da Cozinheiros ilustrados. Eles originalmente imaginaram o Cutty's como um food truck, mas foram apanhados pela burocracia (um problema que aflige muitos aspirantes a food truck). “Queríamos apenas vender comida, então decidimos continuar com uma loja física e foi assim que acabamos em Brookline”, diz Kelsey. “O food truck é um sonho nosso, porém, e esperamos ter um no próximo ano para podermos levar nossa comida a um novo público.”

O restaurante é pequeno mas alegre. Os menus são impressos em papel pardo e colados na parede do quadro-negro. A cozinha aberta permite que você veja seu sanduíche sendo feito na parte de trás, e o caixa é amigável e pode responder a qualquer pergunta sobre o cardápio (o que exatamente é o “pepino” no sanduíche de presunto Dijon?). Uma palavra de cautela se você espera conseguir uma das oito pequenas mesas: o lugar se enche rapidamente, então esteja preparado para esperar alguns minutos para se sentar.

Depois de fazer nosso pedido, esperamos ansiosamente para colocar as mãos no Roast Beef 1000 (US $ 8,25), o sanduíche mais conhecido do Cutty. O rosbife é curado durante a noite, diz Kelsey, e esfregado com um sal de especiarias que amacia e muda sua textura. É complementado por chalotas, o sabor doce do molho Thousand Island (com um toque extra de raiz-forte) e queijo cheddar picante e servido em um pão de brioche torrado. É fácil ver por que é o item mais pedido do restaurante.

A carne de porco assada lentamente do Cutty, normalmente servida apenas aos sábados, leva três dias para ser preparada e é encontrada no sanduíche de funcho de porco (porco, erva-doce em conserva, alho assado, rolo de semente de gergelim) e no rabe de porco (porco, rabe de brócolis salteado, Provolone afiado, rolo de semente de gergelim) ambos custam $ 8,95. Mas no dia da semana que visitamos, o restaurante estava oferecendo um sanduíche especial de torta de porco picante (US $ 7,99) (acima): carne de porco no estilo carnitas, servida com maionese picante, cebolas caseiras em conserva e muito coentro em um rolo de torta de gergelim caseiro. O pão estava crocante e amanteigado.

Se você está cuidando dos carboidratos, existem algumas alternativas deliciosas: atire para a sopa de tomate ($ 2,95 para uma pequena, $ 3,95 para uma grande) ou erva-doce e salada de amendoim ($ 7,95), verduras misturadas com erva-doce raspada, chalotas crocantes, amendoim , e gouda envelhecida, com um vinagrete ou o tempero picante da casa.

Combine sua refeição com alguns dos complementos exibidos no balcão, como as batatas fritas frescas (US $ 2, e um grande avanço em relação à Lay's), biscoitos de açúcar mascavo ou de chocolate (US $ 0,95) e os clássicos Rice Krispies Treats ( $ 1,95). Como o restaurante faz tudo bem, pode-se esperar que o cardápio de sobremesas aumente. Para bebidas, experimente o Cutty’s Limeaid ($ 1,95 para um pequeno, $ 2,25 para um grande) - suco de limão fresco, xarope simples e açúcar de baunilha. É azedo e não muito doce. O Cutty's não vende água engarrafada, mas os clientes podem servir-se de uma grande jarra de água da torneira gratuita.

Conforme observado anteriormente, o restaurante também serve café da manhã. O sanduíche do café da manhã (ovos mexidos e cheddar afiado em um pão de brioche, US $ 5,25) permite que os clientes personalizem com ketchup de trufas, maionese picante ou maionese de olhos vermelhos como guarnição. Você também pode adicionar bacon, presunto ou acelga refogada (US $ 1,75). Também oferecemos iogurte caseiro com granola (US $ 3,95) e bolo de migalhas (US $ 1,85)

Os especiais de Cutty são regularmente postados em suas páginas do Facebook e Twitter.

“Não abrimos há muito tempo, mas estamos entusiasmados com a forma como fomos recebidos”, disse Kelsey. “Estamos gostando muito de servir as pessoas e nos divertindo enquanto fazemos isso.”

Seja no café da manhã ou no almoço, este é um restaurante que vale a pena visitar.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, está aberto de segunda a sábado, das 8h00 às 15h00 o almoço começa às 11h. Para chegar lá, pegue o bonde T's Green Line D até a parada Brookline Village. É cerca de cinco minutos a pé a partir daí. Estacionar em torno da Washington Street pode ser um pouco apertado, então esteja preparado. Telefone: 617-505-1844. A Cutty’s aceita todos os principais cartões de crédito. Um menu pode ser encontrado aqui.

Isso faz parte de uma série semanal com locais para almoço em Boston de interesse para a comunidade de BU. Se você tiver alguma sugestão de lugares que devemos apresentar, deixe-a na seção de comentários abaixo. Confira nossa lista de dicas para o almoço no Foursquare.


Almoçar alguém? Cutty's

“Este é o melhor sanduíche que já comi”, disse um amigo em uma visita recente ao Cutty's. Ela tinha acabado de dar uma mordida no lendário sanduíche Roast Beef 1000 de Cutty. Eleita a Melhor Sanduicheria de Boston prêmio Best of Boston de 2011 da revista, o restaurante Brookline também recebeu elogios merecidos da Zagat e Stuff Magazine. Para dizer o mínimo: esses sanduíches são de outro mundo.

É a combinação de ingredientes que torna os sanduíches do restaurante tão únicos. Rosbife é misturado com chalotas fritas crocantes, acelga refogada e bacon; a carne de porco assada lentamente é combinada com erva-doce em conserva, e o pimento de presunto vem com pickles doces, em vez do endro usual. Eles também fazem um queijo grelhado básico ($ 4,35), sanduíche de peru ($ 6,75) e sanduíche de presunto ($ 6,85), mas por que você iria querer isso?

Localizado na Washington Street, o Cutty's serve café da manhã e almoço seis dias por semana. Ele usa ingredientes locais orgânicos e carnes sem antibióticos, e o pão fresco é cortesia do Iggy's, em Cambridge.

O pequeno café está em operação há apenas cerca de um ano e meio, mas já conseguiu construir uma base de fãs leais e dedicados. Os proprietários de Cutty, marido e mulher Charles Kelsey e Rachel Toomey, se formaram no Culinary Institute of America e foram ex-editores da Cozinheiros ilustrados. Eles originalmente imaginaram o Cutty's como um food truck, mas foram apanhados pela burocracia (um problema que aflige muitos aspirantes a food truck). “Queríamos apenas vender comida, então decidimos continuar com uma loja física e foi assim que acabamos em Brookline”, diz Kelsey. “O food truck é um sonho nosso, porém, e esperamos ter um no próximo ano para podermos levar nossa comida a um novo público.”

O restaurante é pequeno mas alegre. Os menus são impressos em papel pardo e colados na parede do quadro-negro. A cozinha aberta permite que você veja seu sanduíche sendo feito na parte de trás, e o caixa é amigável e pode responder a qualquer pergunta sobre o cardápio (o que exatamente é o “pepino” no sanduíche de presunto Dijon?). Uma palavra de cautela se você espera conseguir uma das oito pequenas mesas: o lugar se enche rapidamente, então esteja preparado para esperar alguns minutos para se sentar.

Depois de fazer nosso pedido, esperamos ansiosamente para colocar as mãos no Roast Beef 1000 (US $ 8,25), o sanduíche mais conhecido do Cutty. O rosbife é curado durante a noite, diz Kelsey, e esfregado com um sal de especiarias que amacia e muda sua textura. É complementado por chalotas, o sabor doce do molho Thousand Island (com um toque extra de raiz-forte) e queijo cheddar picante e servido em um pão de brioche torrado. É fácil ver por que é o item mais pedido do restaurante.

A carne de porco assada lentamente do Cutty, normalmente servida apenas aos sábados, leva três dias para ser preparada e é encontrada no sanduíche de funcho de porco (porco, erva-doce em conserva, alho assado, rolo de semente de gergelim) e no rabe de porco (porco, rabe de brócolis salteado, Provolone afiado, rolo de semente de gergelim) ambos custam $ 8,95. Mas no dia da semana que visitamos, o restaurante estava oferecendo um sanduíche especial de torta de porco picante (US $ 7,99) (acima): carne de porco no estilo carnitas, servida com maionese picante, cebolas caseiras em conserva e muito coentro em um rolo de torta de gergelim caseiro. O pão estava crocante e amanteigado.

Se você está cuidando de seus carboidratos, existem algumas alternativas deliciosas: atire para a sopa de tomate ($ 2,95 para uma pequena, $ 3,95 para uma grande) ou erva-doce e salada de amendoim ($ 7,95), verduras misturadas com erva-doce raspada, chalotas crocantes, amendoim , e gouda envelhecida, com um vinagrete ou o tempero picante da casa.

Combine sua refeição com alguns dos complementos exibidos no balcão, como as batatas fritas frescas (US $ 2, e um grande avanço em relação à Lay's), biscoitos de açúcar mascavo ou de chocolate (US $ 0,95) e os clássicos Rice Krispies Treats ( $ 1,95). Como o restaurante faz tudo bem, pode-se esperar que o cardápio de sobremesas aumente. Para bebidas, experimente o Cutty’s Limeaid ($ 1,95 para um pequeno, $ 2,25 para um grande) - suco de limão fresco, xarope simples e açúcar de baunilha. É azedo e não muito doce. O Cutty's não vende água engarrafada, mas os clientes podem servir-se de uma grande jarra de água da torneira gratuita.

Conforme observado anteriormente, o restaurante também serve café da manhã. O sanduíche do café da manhã (ovos mexidos e cheddar afiado em um pão de brioche, US $ 5,25) permite que os clientes personalizem com ketchup de trufas, maionese picante ou maionese de olhos vermelhos como guarnição. Você também pode adicionar bacon, presunto ou acelga refogada (US $ 1,75). Também oferecemos iogurte caseiro com granola (US $ 3,95) e bolo de migalhas (US $ 1,85)

Os especiais de Cutty são regularmente postados em suas páginas do Facebook e Twitter.

“Não abrimos há muito tempo, mas estamos entusiasmados com a forma como fomos recebidos”, disse Kelsey. “Estamos gostando muito de servir as pessoas e nos divertindo enquanto fazemos isso.”

Seja no café da manhã ou no almoço, este é um restaurante que vale a pena visitar.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, está aberto de segunda a sábado das 8h00 às 15h00 o almoço começa às 11h. Para chegar lá, pegue o bonde T's Green Line D até a parada Brookline Village. É cerca de cinco minutos a pé a partir daí. Estacionar em torno da Washington Street pode ser um pouco apertado, então esteja preparado. Telefone: 617-505-1844. A Cutty’s aceita todos os principais cartões de crédito. Um menu pode ser encontrado aqui.

Isso faz parte de uma série semanal com locais para almoço em Boston de interesse para a comunidade de BU. Se você tiver alguma sugestão de lugares que devemos apresentar, deixe-a na seção de comentários abaixo. Confira nossa lista de dicas para o almoço no Foursquare.


Almoçar alguém? Cutty's

“Este é o melhor sanduíche que já comi”, disse um amigo em uma visita recente ao Cutty's. Ela tinha acabado de dar uma mordida no lendário sanduíche Roast Beef 1000 de Cutty. Eleita a Melhor Sanduicheria de Boston prêmio Best of Boston de 2011 da revista, o restaurante Brookline também recebeu elogios merecidos da Zagat e Stuff Magazine. Para dizer o mínimo: esses sanduíches são de outro mundo.

É a combinação de ingredientes que torna os sanduíches do restaurante tão únicos. Rosbife é misturado com chalotas fritas crocantes, acelga refogada e bacon; a carne de porco assada lentamente é combinada com erva-doce em conserva, e o pimento de presunto vem com pickles doces, em vez do endro usual. Eles também fazem um queijo grelhado básico ($ 4,35), sanduíche de peru ($ 6,75) e sanduíche de presunto ($ 6,85), mas por que você iria querer isso?

Localizado na Washington Street, o Cutty's serve café da manhã e almoço seis dias por semana. Ele usa ingredientes locais orgânicos e carnes sem antibióticos, e o pão fresco é cortesia do Iggy's, em Cambridge.

O pequeno café está em operação há apenas cerca de um ano e meio, mas já conseguiu construir uma base de fãs leais e dedicados. Os proprietários de Cutty, marido e mulher Charles Kelsey e Rachel Toomey, se formaram no Culinary Institute of America e foram ex-editores da Cozinheiros ilustrados. Eles originalmente imaginaram o Cutty's como um food truck, mas foram apanhados pela burocracia (um problema que aflige muitos aspirantes a food truck). “Queríamos apenas vender comida, então decidimos continuar com uma loja física e foi assim que acabamos em Brookline”, diz Kelsey. “O food truck é um sonho nosso, porém, e esperamos ter um no próximo ano para podermos levar nossa comida a um novo público.”

O restaurante é pequeno mas alegre. Os menus são impressos em papel pardo e colados na parede do quadro-negro. A cozinha aberta permite que você veja seu sanduíche sendo feito na parte de trás, e o caixa é amigável e pode responder a qualquer pergunta sobre o cardápio (o que exatamente é o “pepino” no sanduíche de presunto Dijon?). Uma palavra de cautela se você espera conseguir uma das oito pequenas mesas: o lugar se enche rapidamente, então esteja preparado para esperar alguns minutos para se sentar.

Depois de fazer nosso pedido, esperamos ansiosamente para colocar as mãos no Roast Beef 1000 (US $ 8,25), o sanduíche mais conhecido do Cutty. O rosbife é curado durante a noite, diz Kelsey, e esfregado com um sal de especiarias que amacia e muda sua textura. É complementado por chalotas, o sabor doce do molho Thousand Island (com um toque extra de raiz-forte) e queijo cheddar picante e servido em um pão de brioche torrado. É fácil ver por que é o item mais pedido do restaurante.

A carne de porco assada lentamente do Cutty, normalmente servida apenas aos sábados, leva três dias para ser preparada e é encontrada no sanduíche de funcho de porco (porco, erva-doce em conserva, alho assado, rolo de semente de gergelim) e no rabe de porco (porco, rabe de brócolis salteado, Provolone afiado, rolo de semente de gergelim) ambos custam $ 8,95. Mas no dia da semana que visitamos, o restaurante estava oferecendo um sanduíche especial de torta de porco picante (US $ 7,99) (acima): carne de porco no estilo carnitas, servida com maionese picante, cebolas caseiras em conserva e muito coentro em um rolo de torta de gergelim caseiro. O pão estava crocante e amanteigado.

Se você está cuidando de seus carboidratos, existem algumas alternativas deliciosas: atire para a sopa de tomate ($ 2,95 para uma pequena, $ 3,95 para uma grande) ou erva-doce e salada de amendoim ($ 7,95), verduras misturadas com erva-doce raspada, chalotas crocantes, amendoim , e gouda envelhecida, com um vinagrete ou o tempero picante da casa.

Combine sua refeição com alguns dos complementos exibidos no balcão, como as batatas fritas frescas (US $ 2, e um grande avanço em relação à Lay's), biscoitos de açúcar mascavo ou chocolate (US $ 0,95) e os clássicos Rice Krispies Treats ( $ 1,95). Como o restaurante faz tudo bem, pode-se esperar que o cardápio de sobremesas aumente. Para bebidas, experimente o Cutty’s Limeaid ($ 1,95 para um pequeno, $ 2,25 para um grande) - suco de limão fresco, xarope simples e açúcar de baunilha. É azedo e não muito doce. O Cutty's não vende água engarrafada, mas os clientes podem servir-se de uma grande jarra de água da torneira gratuita.

Conforme observado anteriormente, o restaurante também serve café da manhã. O sanduíche do café da manhã (ovos mexidos e cheddar afiado em um pão de brioche, US $ 5,25) permite que os clientes personalizem com ketchup de trufas, maionese picante ou maionese de olhos vermelhos como guarnição. Você também pode adicionar bacon, presunto ou acelga refogada (US $ 1,75). Também oferecemos iogurte caseiro com granola (US $ 3,95) e bolo de migalhas (US $ 1,85)

Os especiais de Cutty são regularmente postados em suas páginas do Facebook e Twitter.

“Não abrimos há muito tempo, mas estamos entusiasmados com a forma como fomos recebidos”, disse Kelsey. “Estamos gostando muito de servir as pessoas e nos divertindo enquanto fazemos isso.”

Seja no café da manhã ou no almoço, este é um restaurante que vale a pena visitar.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, está aberto de segunda a sábado, das 8h00 às 15h00 o almoço começa às 11h. Para chegar lá, pegue o bonde T's Green Line D até a parada Brookline Village. É cerca de cinco minutos a pé a partir daí. Estacionar em torno da Washington Street pode ser um pouco apertado, então esteja preparado. Telefone: 617-505-1844. A Cutty’s aceita todos os principais cartões de crédito. Um menu pode ser encontrado aqui.

Isso faz parte de uma série semanal com locais para almoço em Boston de interesse para a comunidade de BU. Se você tiver alguma sugestão de lugares que devemos apresentar, deixe-a na seção de comentários abaixo. Confira nossa lista de dicas para o almoço no Foursquare.


Almoçar alguém? Cutty's

“Este é o melhor sanduíche que já comi”, disse um amigo em uma visita recente ao Cutty's. Ela tinha acabado de dar uma mordida no lendário sanduíche Roast Beef 1000 de Cutty. Eleita a Melhor Sanduicheria de Boston prêmio Best of Boston de 2011 da revista, o restaurante Brookline também recebeu elogios merecidos da Zagat e Stuff Magazine. Para dizer o mínimo: esses sanduíches são de outro mundo.

É a combinação de ingredientes que torna os sanduíches do restaurante tão únicos. Rosbife é misturado com chalotas fritas crocantes, acelga refogada e bacon; a carne de porco assada lentamente é combinada com erva-doce em conserva, e o pimento de presunto vem com pickles doces, em vez do endro usual. Eles também fazem um queijo grelhado básico ($ 4,35), sanduíche de peru ($ 6,75) e sanduíche de presunto ($ 6,85), mas por que você iria querer isso?

Localizado na Washington Street, o Cutty's serve café da manhã e almoço seis dias por semana. Ele usa ingredientes locais orgânicos e carnes sem antibióticos, e o pão fresco é cortesia do Iggy's, em Cambridge.

O pequeno café está em operação há apenas cerca de um ano e meio, mas já conseguiu construir uma base de fãs leais e dedicados. Os proprietários de Cutty, marido e mulher Charles Kelsey e Rachel Toomey, se formaram no Culinary Institute of America e foram ex-editores da Cozinheiros ilustrados. Eles originalmente imaginaram o Cutty's como um food truck, mas foram apanhados pela burocracia (um problema que aflige muitos aspirantes a food truck). “Queríamos apenas vender comida, então decidimos continuar com uma loja física e foi assim que acabamos em Brookline”, diz Kelsey. “O food truck é um sonho nosso, porém, e esperamos ter um no próximo ano para podermos levar nossa comida a um novo público.”

O restaurante é pequeno mas alegre. Os menus são impressos em papel pardo e colados na parede do quadro-negro. A cozinha aberta permite que você veja seu sanduíche sendo feito na parte de trás, e o caixa é amigável e pode responder a qualquer pergunta sobre o cardápio (o que exatamente é o “pepino” no sanduíche de presunto Dijon?). Uma palavra de cautela se você espera conseguir uma das oito pequenas mesas: o lugar se enche rapidamente, então esteja preparado para esperar alguns minutos para se sentar.

Depois de fazer nosso pedido, esperamos ansiosamente para colocar as mãos no Roast Beef 1000 (US $ 8,25), o sanduíche mais conhecido do Cutty. O rosbife é curado durante a noite, diz Kelsey, e esfregado com um sal de especiarias que amacia e muda sua textura. É complementado por chalotas, o sabor doce do molho Thousand Island (com um toque extra de raiz-forte) e queijo cheddar picante e servido em um pão de brioche torrado. É fácil ver por que é o item mais pedido do restaurante.

A carne de porco assada lentamente do Cutty, normalmente servida apenas aos sábados, leva três dias para ser preparada e é encontrada no sanduíche de funcho de porco (porco, erva-doce em conserva, alho assado, rolo de semente de gergelim) e no rabe de porco (porco, rabe de brócolis salteado, Provolone afiado, rolo de semente de gergelim) ambos custam $ 8,95. Mas no dia da semana que visitamos, o restaurante estava oferecendo um sanduíche especial de torta de porco picante (US $ 7,99) (acima): carne de porco no estilo carnitas, servida com maionese picante, cebolas caseiras em conserva e muito coentro em um rolo de torta de gergelim caseiro. O pão estava crocante e amanteigado.

Se você está cuidando de seus carboidratos, existem algumas alternativas deliciosas: atire para a sopa de tomate ($ 2,95 para uma pequena, $ 3,95 para uma grande) ou erva-doce e salada de amendoim ($ 7,95), verduras misturadas com erva-doce raspada, chalotas crocantes, amendoim , e gouda envelhecida, com um vinagrete ou o tempero picante da casa.

Combine sua refeição com alguns dos complementos exibidos no balcão, como as batatas fritas frescas (US $ 2, e um grande avanço em relação à Lay's), biscoitos de açúcar mascavo ou chocolate (US $ 0,95) e os clássicos Rice Krispies Treats ( $ 1,95). Como o restaurante faz tudo bem, pode-se esperar que o cardápio de sobremesas aumente. Para bebidas, experimente o Cutty’s Limeaid ($ 1,95 para um pequeno, $ 2,25 para um grande) - suco de limão fresco, xarope simples e açúcar de baunilha. É azedo e não muito doce. O Cutty's não vende água engarrafada, mas os clientes podem servir-se de uma grande jarra de água da torneira gratuita.

Conforme observado anteriormente, o restaurante também serve café da manhã. O sanduíche do café da manhã (ovos mexidos e cheddar afiado em um pão de brioche, US $ 5,25) permite que os clientes personalizem com ketchup de trufas, maionese picante ou maionese de olhos vermelhos como guarnição. Você também pode adicionar bacon, presunto ou acelga refogada (US $ 1,75). Também oferecemos iogurte caseiro com granola (US $ 3,95) e bolo de migalhas (US $ 1,85)

Os especiais de Cutty são regularmente postados em suas páginas do Facebook e Twitter.

“Não abrimos há muito tempo, mas estamos entusiasmados com a forma como fomos recebidos”, disse Kelsey. “Estamos gostando muito de servir as pessoas e nos divertindo enquanto fazemos isso.”

Seja no café da manhã ou no almoço, este é um restaurante que vale a pena visitar.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, está aberto de segunda a sábado das 8h00 às 15h00 o almoço começa às 11h. Para chegar lá, pegue o bonde T's Green Line D até a parada Brookline Village. É cerca de cinco minutos a pé a partir daí. Estacionar em torno da Washington Street pode ser um pouco apertado, então esteja preparado. Telefone: 617-505-1844. A Cutty’s aceita todos os principais cartões de crédito. Um menu pode ser encontrado aqui.

Isso faz parte de uma série semanal com locais para almoço em Boston de interesse para a comunidade de BU. Se você tiver alguma sugestão de lugares que devemos apresentar, deixe-a na seção de comentários abaixo. Confira nossa lista de dicas para o almoço no Foursquare.


Almoçar alguém? Cutty's

“Este é o melhor sanduíche que já comi”, disse um amigo em uma visita recente ao Cutty's. Ela tinha acabado de dar uma mordida no lendário sanduíche Roast Beef 1000 de Cutty. Eleita a Melhor Sanduicheria de Boston prêmio Best of Boston de 2011 da revista, o restaurante Brookline também recebeu elogios merecidos da Zagat e Stuff Magazine. Para dizer o mínimo: esses sanduíches são de outro mundo.

É a combinação de ingredientes que torna os sanduíches do restaurante tão únicos. Rosbife é misturado com chalotas fritas crocantes, acelga refogada e bacon; a carne de porco assada lentamente é combinada com erva-doce em conserva, e o pimentão de presunto vem com pickles doces, em vez do endro usual. Eles também fazem um queijo grelhado básico ($ 4,35), sanduíche de peru ($ 6,75) e sanduíche de presunto ($ 6,85), mas por que você iria querer isso?

Localizado na Washington Street, o Cutty's serve café da manhã e almoço seis dias por semana. Ele usa ingredientes locais orgânicos e carnes sem antibióticos, e o pão fresco é cortesia do Iggy's, em Cambridge.

O pequeno café está em operação há apenas cerca de um ano e meio, mas já conseguiu construir uma base de fãs leais e dedicados. Os proprietários de Cutty, marido e mulher Charles Kelsey e Rachel Toomey, se formaram no Culinary Institute of America e foram ex-editores da Cozinheiros ilustrados. Eles originalmente imaginaram o Cutty's como um food truck, mas foram apanhados pela burocracia (um problema que aflige muitos aspirantes a food truck). “Queríamos apenas vender comida, então decidimos continuar com uma loja física e foi assim que acabamos em Brookline”, diz Kelsey. “O food truck é um sonho nosso, porém, e esperamos ter um no próximo ano para podermos levar nossa comida a um novo público.”

O restaurante é pequeno mas alegre. Os menus são impressos em papel pardo e colados na parede do quadro-negro. A cozinha aberta permite que você veja seu sanduíche sendo feito na parte de trás, e o caixa é amigável e pode responder a qualquer pergunta sobre o cardápio (o que exatamente é o “pepino” no sanduíche de presunto Dijon?). Uma palavra de cautela se você espera conseguir uma das oito pequenas mesas: o lugar se enche rapidamente, então esteja preparado para esperar alguns minutos para se sentar.

Depois de fazer nosso pedido, esperamos ansiosamente para colocar as mãos no Roast Beef 1000 (US $ 8,25), o sanduíche mais conhecido do Cutty. O rosbife é curado durante a noite, diz Kelsey, e esfregado com um sal de especiarias que amacia e muda sua textura. É complementado por chalotas, o sabor doce do molho Thousand Island (com um toque extra de raiz-forte) e queijo cheddar picante e servido em um pão de brioche torrado. É fácil ver por que é o item mais pedido do restaurante.

A carne de porco assada lentamente do Cutty, normalmente servida apenas aos sábados, leva três dias para ser preparada e é encontrada no sanduíche de funcho de porco (porco, erva-doce em conserva, alho assado, rolo de semente de gergelim) e no rabe de porco (porco, rabe de brócolis salteado, Provolone afiado, rolo de semente de gergelim) ambos custam $ 8,95. Mas no dia da semana que visitamos, o restaurante estava oferecendo um sanduíche especial de torta de porco picante (US $ 7,99) (acima): carne de porco no estilo carnitas, servida com maionese picante, cebolas caseiras em conserva e muito coentro em um rolo de torta de gergelim caseiro. O pão estava crocante e amanteigado.

Se você está cuidando de seus carboidratos, existem algumas alternativas deliciosas: atire para a sopa de tomate ($ 2,95 para uma pequena, $ 3,95 para uma grande) ou erva-doce e salada de amendoim ($ 7,95), verduras misturadas com erva-doce raspada, chalotas crocantes, amendoim , e gouda envelhecida, com um vinagrete ou o tempero picante da casa.

Combine sua refeição com alguns dos complementos exibidos no balcão, como as batatas fritas frescas (US $ 2, e um grande avanço em relação à Lay's), biscoitos de açúcar mascavo ou de chocolate (US $ 0,95) e os clássicos Rice Krispies Treats ( $ 1,95). Como o restaurante faz tudo bem, pode-se esperar que o cardápio de sobremesas aumente. Para bebidas, experimente o Cutty’s Limeaid ($ 1,95 para um pequeno, $ 2,25 para um grande) - suco de limão fresco, xarope simples e açúcar de baunilha. É azedo e não muito doce. O Cutty's não vende água engarrafada, mas os clientes podem servir-se de uma grande jarra de água da torneira gratuita.

Conforme observado anteriormente, o restaurante também serve café da manhã. O sanduíche do café da manhã (ovos mexidos e cheddar afiado em um pão de brioche, US $ 5,25) permite que os clientes personalizem com ketchup de trufas, maionese picante ou maionese de olhos vermelhos como guarnição. Você também pode adicionar bacon, presunto ou acelga refogada (US $ 1,75). Também oferecemos iogurte caseiro com granola (US $ 3,95) e bolo de migalhas (US $ 1,85)

Os especiais de Cutty são regularmente postados em suas páginas do Facebook e Twitter.

“Não abrimos há muito tempo, mas estamos entusiasmados com a forma como fomos recebidos”, disse Kelsey. “Estamos gostando muito de servir as pessoas e nos divertindo enquanto fazemos isso.”

Seja no café da manhã ou no almoço, este é um restaurante que vale a pena visitar.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, está aberto de segunda a sábado das 8h00 às 15h00 o almoço começa às 11h. Para chegar lá, pegue o bonde T's Green Line D até a parada Brookline Village. É cerca de cinco minutos a pé a partir daí. Estacionar em torno da Washington Street pode ser um pouco apertado, então esteja preparado. Telefone: 617-505-1844. A Cutty’s aceita todos os principais cartões de crédito. Um menu pode ser encontrado aqui.

Isso faz parte de uma série semanal com locais para almoço em Boston de interesse para a comunidade de BU. Se você tiver alguma sugestão de lugares que devemos apresentar, deixe-a na seção de comentários abaixo. Confira nossa lista de dicas para o almoço no Foursquare.


Almoçar alguém? Cutty's

“Este é o melhor sanduíche que já comi”, disse um amigo em uma visita recente ao Cutty's. Ela tinha acabado de dar uma mordida no lendário sanduíche Roast Beef 1000 de Cutty. Eleita a Melhor Sanduicheria de Boston prêmio Best of Boston de 2011 da revista, o restaurante Brookline também recebeu elogios merecidos da Zagat e Stuff Magazine. Para dizer o mínimo: esses sanduíches são de outro mundo.

É a combinação de ingredientes que torna os sanduíches do restaurante tão únicos. Rosbife é misturado com chalotas fritas crocantes, acelga refogada e bacon; a carne de porco assada lentamente é combinada com erva-doce em conserva, e o pimento de presunto vem com pickles doces, em vez do endro usual. Eles também fazem um queijo grelhado básico ($ 4,35), sanduíche de peru ($ 6,75) e sanduíche de presunto ($ 6,85), mas por que você iria querer isso?

Localizado na Washington Street, o Cutty's serve café da manhã e almoço seis dias por semana. Ele usa ingredientes locais orgânicos e carnes sem antibióticos, e o pão fresco é cortesia do Iggy's, em Cambridge.

O pequeno café está em operação há apenas cerca de um ano e meio, mas já conseguiu construir uma base de fãs leais e dedicados. Os proprietários de Cutty, marido e mulher Charles Kelsey e Rachel Toomey, se formaram no Culinary Institute of America e foram ex-editores da Cozinheiros ilustrados. Eles originalmente imaginaram o Cutty's como um food truck, mas foram apanhados pela burocracia (um problema que aflige muitos aspirantes a food truck). “We just wanted to sell food so we decided to push on with a brick-and-mortar place, and that’s how we ended up in Brookline,” Kelsey says. “The food truck is a dream of ours, though, and we hope to have one next year so that we can bring our food to a new audience.”

The restaurant is small but cheery. Menus are printed on white butcher paper and tacked to a chalkboard wall. The open kitchen allows you to see your sandwich being made in the back, and the cashier is friendly and able to answer any question about the menu (what exactly is the “gherkin” in the ham Dijon sandwich?). A word of caution if you’re hoping to snag one of the eight small tables: the place fills up quickly so be prepared to wait a few minutes to get seated.

After placing our order, we waited anxiously to get our hands on the Roast Beef 1000 ($8.25), Cutty’s best-known sandwich. The roast beef is cured overnight, Kelsey says, and rubbed with a spice salt that tenderizes and changes its texture. It is complemented by the shallots, the sweet tang of Thousand Island dressing (with an extra kick of horseradish), and sharp cheddar cheese and served on a toasted brioche bun. It’s easy to see why it is the eatery’s most requested item.

Cutty’s slow-roasted pork, normally served only on Saturdays, takes three days to prepare, and is found in the pork fennel sandwich (pork, pickled fennel, roasted garlic, sesame seed roll) and the pork rabe (pork, sautéed broccoli rabe, sharp provolone, sesame seed roll) both are $8.95. But on the weekday we visited, the restaurant was offering a special spicy pork torta sandwich ($7.99) (above): carnitas-style pork, served with spicy mayonnaise, homemade pickled onions, and plenty of cilantro on a homemade sesame torta roll. The bun was crispy and buttery.

If you’re watching your carbs, there are some delicious alternatives: shoot for the tomato soup ($2.95 for a small, $3.95 for a large) or the fennel and peanut salad ($7.95), mixed greens with shaved fennel, crispy shallots, peanuts, and aged gouda, with either a vinaigrette or the tangy house dressing.

Pair your meal with some of the add-ons displayed on the counter, like the fresh potato chips ($2, and a serious step up from Lay’s), brown sugar or chocolate chip cookies ($.95), and classic Rice Krispies Treats ($1.95). Because the restaurant does everything well, one can hope the dessert menu will expand. For drinks, try the Cutty’s Limeaid ($1.95 for a small, $2.25 for a large)—fresh lime juice, simple syrup, and vanilla sugar. It’s tart and not too sweet. Cutty’s doesn’t sell bottled water, but diners can help themselves to a large jug of free tap water.

As noted earlier, the restaurant serves breakfast, too. The breakfast sandwich (scrambled eggs and sharp cheddar on a brioche bun, $5.25) lets diners personalize with truffle ketchup, spicy mayo, or red-eye mayo as a garnish. You can also add bacon, ham, or sautéed Swiss chard ($1.75). Also on offer is homemade yogurt with granola ($3.95) and crumb cake ($1.85)

Cutty’s specials are regularly posted on its Facebook and Twitter pages.

“We haven’t been opened long, but we’re excited at how well we have been received,” Kelsey says. “We’re really enjoying serving people and having fun while doing it.”

Whether for breakfast or lunch, this is a restaurant worth visiting.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, is open Monday through Saturday from 8 a.m. to 3 p.m. lunch begins at 11 a.m. To get there, take the T’s Green Line D trolley to the Brookline Village stop. It’s about a five-minute walk from there. Parking around Washington Street can be a little tight, so be prepared. Phone: 617-505-1844. Cutty’s takes all major credit cards. A menu can be found here.

This is part of a weekly series featuring Boston lunch spots of interest to the BU community. If you have any suggestions for places we should feature, leave them in the comments section below. Check out our list of lunchtime tips on Foursquare.


Lunch Anyone? Cutty’s

“This is the best sandwich I’ve ever had,” a friend said on a recent visit to Cutty’s. She had just taken a bite of Cutty’s fabled Roast Beef 1000 sandwich. Named Best Sandwich Shop in Boston magazine’s 2011 Best of Boston awards, the Brookline eatery has also earned well-deserved praise from Zagat and Stuff Magazine. To put it mildly: these sandwiches are out of this world.

It’s the pairing of ingredients that makes the restaurant’s sandwiches so unique. Roast beef is mixed with crispy fried shallots, sautéed Swiss chard, and bacon the slow-roasted pork is paired with pickled fennel, and the ham pimento comes with sweet pickles, instead of the usual dill. They also do a basic grilled cheese ($4.35), turkey sandwich ($6.75), and ham sandwich ($6.85), but why would you want that?

Located on Washington Street, Cutty’s serves breakfast and lunch six days a week. It uses local, organic ingredients and antibiotic-free meats, and the fresh bread is courtesy of Iggy’s, in Cambridge.

The small café has been in operation for only about a year and a half, but has already managed to build a loyal and devoted fan base. Cutty’s owners, husband and wife Charles Kelsey and Rachel Toomey, graduated from the Culinary Institute of America and were former editors at Cooks Illustrated. They originally envisioned Cutty’s as a food truck, but got caught up in red tape (an issue that plagues many food truck hopefuls). “We just wanted to sell food so we decided to push on with a brick-and-mortar place, and that’s how we ended up in Brookline,” Kelsey says. “The food truck is a dream of ours, though, and we hope to have one next year so that we can bring our food to a new audience.”

The restaurant is small but cheery. Menus are printed on white butcher paper and tacked to a chalkboard wall. The open kitchen allows you to see your sandwich being made in the back, and the cashier is friendly and able to answer any question about the menu (what exactly is the “gherkin” in the ham Dijon sandwich?). A word of caution if you’re hoping to snag one of the eight small tables: the place fills up quickly so be prepared to wait a few minutes to get seated.

After placing our order, we waited anxiously to get our hands on the Roast Beef 1000 ($8.25), Cutty’s best-known sandwich. The roast beef is cured overnight, Kelsey says, and rubbed with a spice salt that tenderizes and changes its texture. It is complemented by the shallots, the sweet tang of Thousand Island dressing (with an extra kick of horseradish), and sharp cheddar cheese and served on a toasted brioche bun. It’s easy to see why it is the eatery’s most requested item.

Cutty’s slow-roasted pork, normally served only on Saturdays, takes three days to prepare, and is found in the pork fennel sandwich (pork, pickled fennel, roasted garlic, sesame seed roll) and the pork rabe (pork, sautéed broccoli rabe, sharp provolone, sesame seed roll) both are $8.95. But on the weekday we visited, the restaurant was offering a special spicy pork torta sandwich ($7.99) (above): carnitas-style pork, served with spicy mayonnaise, homemade pickled onions, and plenty of cilantro on a homemade sesame torta roll. The bun was crispy and buttery.

If you’re watching your carbs, there are some delicious alternatives: shoot for the tomato soup ($2.95 for a small, $3.95 for a large) or the fennel and peanut salad ($7.95), mixed greens with shaved fennel, crispy shallots, peanuts, and aged gouda, with either a vinaigrette or the tangy house dressing.

Pair your meal with some of the add-ons displayed on the counter, like the fresh potato chips ($2, and a serious step up from Lay’s), brown sugar or chocolate chip cookies ($.95), and classic Rice Krispies Treats ($1.95). Because the restaurant does everything well, one can hope the dessert menu will expand. For drinks, try the Cutty’s Limeaid ($1.95 for a small, $2.25 for a large)—fresh lime juice, simple syrup, and vanilla sugar. It’s tart and not too sweet. Cutty’s doesn’t sell bottled water, but diners can help themselves to a large jug of free tap water.

As noted earlier, the restaurant serves breakfast, too. The breakfast sandwich (scrambled eggs and sharp cheddar on a brioche bun, $5.25) lets diners personalize with truffle ketchup, spicy mayo, or red-eye mayo as a garnish. You can also add bacon, ham, or sautéed Swiss chard ($1.75). Also on offer is homemade yogurt with granola ($3.95) and crumb cake ($1.85)

Cutty’s specials are regularly posted on its Facebook and Twitter pages.

“We haven’t been opened long, but we’re excited at how well we have been received,” Kelsey says. “We’re really enjoying serving people and having fun while doing it.”

Whether for breakfast or lunch, this is a restaurant worth visiting.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, is open Monday through Saturday from 8 a.m. to 3 p.m. lunch begins at 11 a.m. To get there, take the T’s Green Line D trolley to the Brookline Village stop. It’s about a five-minute walk from there. Parking around Washington Street can be a little tight, so be prepared. Phone: 617-505-1844. Cutty’s takes all major credit cards. A menu can be found here.

This is part of a weekly series featuring Boston lunch spots of interest to the BU community. If you have any suggestions for places we should feature, leave them in the comments section below. Check out our list of lunchtime tips on Foursquare.


Lunch Anyone? Cutty’s

“This is the best sandwich I’ve ever had,” a friend said on a recent visit to Cutty’s. She had just taken a bite of Cutty’s fabled Roast Beef 1000 sandwich. Named Best Sandwich Shop in Boston magazine’s 2011 Best of Boston awards, the Brookline eatery has also earned well-deserved praise from Zagat and Stuff Magazine. To put it mildly: these sandwiches are out of this world.

It’s the pairing of ingredients that makes the restaurant’s sandwiches so unique. Roast beef is mixed with crispy fried shallots, sautéed Swiss chard, and bacon the slow-roasted pork is paired with pickled fennel, and the ham pimento comes with sweet pickles, instead of the usual dill. They also do a basic grilled cheese ($4.35), turkey sandwich ($6.75), and ham sandwich ($6.85), but why would you want that?

Located on Washington Street, Cutty’s serves breakfast and lunch six days a week. It uses local, organic ingredients and antibiotic-free meats, and the fresh bread is courtesy of Iggy’s, in Cambridge.

The small café has been in operation for only about a year and a half, but has already managed to build a loyal and devoted fan base. Cutty’s owners, husband and wife Charles Kelsey and Rachel Toomey, graduated from the Culinary Institute of America and were former editors at Cooks Illustrated. They originally envisioned Cutty’s as a food truck, but got caught up in red tape (an issue that plagues many food truck hopefuls). “We just wanted to sell food so we decided to push on with a brick-and-mortar place, and that’s how we ended up in Brookline,” Kelsey says. “The food truck is a dream of ours, though, and we hope to have one next year so that we can bring our food to a new audience.”

The restaurant is small but cheery. Menus are printed on white butcher paper and tacked to a chalkboard wall. The open kitchen allows you to see your sandwich being made in the back, and the cashier is friendly and able to answer any question about the menu (what exactly is the “gherkin” in the ham Dijon sandwich?). A word of caution if you’re hoping to snag one of the eight small tables: the place fills up quickly so be prepared to wait a few minutes to get seated.

After placing our order, we waited anxiously to get our hands on the Roast Beef 1000 ($8.25), Cutty’s best-known sandwich. The roast beef is cured overnight, Kelsey says, and rubbed with a spice salt that tenderizes and changes its texture. It is complemented by the shallots, the sweet tang of Thousand Island dressing (with an extra kick of horseradish), and sharp cheddar cheese and served on a toasted brioche bun. It’s easy to see why it is the eatery’s most requested item.

Cutty’s slow-roasted pork, normally served only on Saturdays, takes three days to prepare, and is found in the pork fennel sandwich (pork, pickled fennel, roasted garlic, sesame seed roll) and the pork rabe (pork, sautéed broccoli rabe, sharp provolone, sesame seed roll) both are $8.95. But on the weekday we visited, the restaurant was offering a special spicy pork torta sandwich ($7.99) (above): carnitas-style pork, served with spicy mayonnaise, homemade pickled onions, and plenty of cilantro on a homemade sesame torta roll. The bun was crispy and buttery.

If you’re watching your carbs, there are some delicious alternatives: shoot for the tomato soup ($2.95 for a small, $3.95 for a large) or the fennel and peanut salad ($7.95), mixed greens with shaved fennel, crispy shallots, peanuts, and aged gouda, with either a vinaigrette or the tangy house dressing.

Pair your meal with some of the add-ons displayed on the counter, like the fresh potato chips ($2, and a serious step up from Lay’s), brown sugar or chocolate chip cookies ($.95), and classic Rice Krispies Treats ($1.95). Because the restaurant does everything well, one can hope the dessert menu will expand. For drinks, try the Cutty’s Limeaid ($1.95 for a small, $2.25 for a large)—fresh lime juice, simple syrup, and vanilla sugar. It’s tart and not too sweet. Cutty’s doesn’t sell bottled water, but diners can help themselves to a large jug of free tap water.

As noted earlier, the restaurant serves breakfast, too. The breakfast sandwich (scrambled eggs and sharp cheddar on a brioche bun, $5.25) lets diners personalize with truffle ketchup, spicy mayo, or red-eye mayo as a garnish. You can also add bacon, ham, or sautéed Swiss chard ($1.75). Also on offer is homemade yogurt with granola ($3.95) and crumb cake ($1.85)

Cutty’s specials are regularly posted on its Facebook and Twitter pages.

“We haven’t been opened long, but we’re excited at how well we have been received,” Kelsey says. “We’re really enjoying serving people and having fun while doing it.”

Whether for breakfast or lunch, this is a restaurant worth visiting.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, is open Monday through Saturday from 8 a.m. to 3 p.m. lunch begins at 11 a.m. To get there, take the T’s Green Line D trolley to the Brookline Village stop. It’s about a five-minute walk from there. Parking around Washington Street can be a little tight, so be prepared. Phone: 617-505-1844. Cutty’s takes all major credit cards. A menu can be found here.

This is part of a weekly series featuring Boston lunch spots of interest to the BU community. If you have any suggestions for places we should feature, leave them in the comments section below. Check out our list of lunchtime tips on Foursquare.


Lunch Anyone? Cutty’s

“This is the best sandwich I’ve ever had,” a friend said on a recent visit to Cutty’s. She had just taken a bite of Cutty’s fabled Roast Beef 1000 sandwich. Named Best Sandwich Shop in Boston magazine’s 2011 Best of Boston awards, the Brookline eatery has also earned well-deserved praise from Zagat and Stuff Magazine. To put it mildly: these sandwiches are out of this world.

It’s the pairing of ingredients that makes the restaurant’s sandwiches so unique. Roast beef is mixed with crispy fried shallots, sautéed Swiss chard, and bacon the slow-roasted pork is paired with pickled fennel, and the ham pimento comes with sweet pickles, instead of the usual dill. They also do a basic grilled cheese ($4.35), turkey sandwich ($6.75), and ham sandwich ($6.85), but why would you want that?

Located on Washington Street, Cutty’s serves breakfast and lunch six days a week. It uses local, organic ingredients and antibiotic-free meats, and the fresh bread is courtesy of Iggy’s, in Cambridge.

The small café has been in operation for only about a year and a half, but has already managed to build a loyal and devoted fan base. Cutty’s owners, husband and wife Charles Kelsey and Rachel Toomey, graduated from the Culinary Institute of America and were former editors at Cooks Illustrated. They originally envisioned Cutty’s as a food truck, but got caught up in red tape (an issue that plagues many food truck hopefuls). “We just wanted to sell food so we decided to push on with a brick-and-mortar place, and that’s how we ended up in Brookline,” Kelsey says. “The food truck is a dream of ours, though, and we hope to have one next year so that we can bring our food to a new audience.”

The restaurant is small but cheery. Menus are printed on white butcher paper and tacked to a chalkboard wall. The open kitchen allows you to see your sandwich being made in the back, and the cashier is friendly and able to answer any question about the menu (what exactly is the “gherkin” in the ham Dijon sandwich?). A word of caution if you’re hoping to snag one of the eight small tables: the place fills up quickly so be prepared to wait a few minutes to get seated.

After placing our order, we waited anxiously to get our hands on the Roast Beef 1000 ($8.25), Cutty’s best-known sandwich. The roast beef is cured overnight, Kelsey says, and rubbed with a spice salt that tenderizes and changes its texture. It is complemented by the shallots, the sweet tang of Thousand Island dressing (with an extra kick of horseradish), and sharp cheddar cheese and served on a toasted brioche bun. It’s easy to see why it is the eatery’s most requested item.

Cutty’s slow-roasted pork, normally served only on Saturdays, takes three days to prepare, and is found in the pork fennel sandwich (pork, pickled fennel, roasted garlic, sesame seed roll) and the pork rabe (pork, sautéed broccoli rabe, sharp provolone, sesame seed roll) both are $8.95. But on the weekday we visited, the restaurant was offering a special spicy pork torta sandwich ($7.99) (above): carnitas-style pork, served with spicy mayonnaise, homemade pickled onions, and plenty of cilantro on a homemade sesame torta roll. The bun was crispy and buttery.

If you’re watching your carbs, there are some delicious alternatives: shoot for the tomato soup ($2.95 for a small, $3.95 for a large) or the fennel and peanut salad ($7.95), mixed greens with shaved fennel, crispy shallots, peanuts, and aged gouda, with either a vinaigrette or the tangy house dressing.

Pair your meal with some of the add-ons displayed on the counter, like the fresh potato chips ($2, and a serious step up from Lay’s), brown sugar or chocolate chip cookies ($.95), and classic Rice Krispies Treats ($1.95). Because the restaurant does everything well, one can hope the dessert menu will expand. For drinks, try the Cutty’s Limeaid ($1.95 for a small, $2.25 for a large)—fresh lime juice, simple syrup, and vanilla sugar. It’s tart and not too sweet. Cutty’s doesn’t sell bottled water, but diners can help themselves to a large jug of free tap water.

As noted earlier, the restaurant serves breakfast, too. The breakfast sandwich (scrambled eggs and sharp cheddar on a brioche bun, $5.25) lets diners personalize with truffle ketchup, spicy mayo, or red-eye mayo as a garnish. You can also add bacon, ham, or sautéed Swiss chard ($1.75). Also on offer is homemade yogurt with granola ($3.95) and crumb cake ($1.85)

Cutty’s specials are regularly posted on its Facebook and Twitter pages.

“We haven’t been opened long, but we’re excited at how well we have been received,” Kelsey says. “We’re really enjoying serving people and having fun while doing it.”

Whether for breakfast or lunch, this is a restaurant worth visiting.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, is open Monday through Saturday from 8 a.m. to 3 p.m. lunch begins at 11 a.m. To get there, take the T’s Green Line D trolley to the Brookline Village stop. It’s about a five-minute walk from there. Parking around Washington Street can be a little tight, so be prepared. Phone: 617-505-1844. Cutty’s takes all major credit cards. A menu can be found here.

This is part of a weekly series featuring Boston lunch spots of interest to the BU community. If you have any suggestions for places we should feature, leave them in the comments section below. Check out our list of lunchtime tips on Foursquare.


Lunch Anyone? Cutty’s

“This is the best sandwich I’ve ever had,” a friend said on a recent visit to Cutty’s. She had just taken a bite of Cutty’s fabled Roast Beef 1000 sandwich. Named Best Sandwich Shop in Boston magazine’s 2011 Best of Boston awards, the Brookline eatery has also earned well-deserved praise from Zagat and Stuff Magazine. To put it mildly: these sandwiches are out of this world.

It’s the pairing of ingredients that makes the restaurant’s sandwiches so unique. Roast beef is mixed with crispy fried shallots, sautéed Swiss chard, and bacon the slow-roasted pork is paired with pickled fennel, and the ham pimento comes with sweet pickles, instead of the usual dill. They also do a basic grilled cheese ($4.35), turkey sandwich ($6.75), and ham sandwich ($6.85), but why would you want that?

Located on Washington Street, Cutty’s serves breakfast and lunch six days a week. It uses local, organic ingredients and antibiotic-free meats, and the fresh bread is courtesy of Iggy’s, in Cambridge.

The small café has been in operation for only about a year and a half, but has already managed to build a loyal and devoted fan base. Cutty’s owners, husband and wife Charles Kelsey and Rachel Toomey, graduated from the Culinary Institute of America and were former editors at Cooks Illustrated. They originally envisioned Cutty’s as a food truck, but got caught up in red tape (an issue that plagues many food truck hopefuls). “We just wanted to sell food so we decided to push on with a brick-and-mortar place, and that’s how we ended up in Brookline,” Kelsey says. “The food truck is a dream of ours, though, and we hope to have one next year so that we can bring our food to a new audience.”

The restaurant is small but cheery. Menus are printed on white butcher paper and tacked to a chalkboard wall. The open kitchen allows you to see your sandwich being made in the back, and the cashier is friendly and able to answer any question about the menu (what exactly is the “gherkin” in the ham Dijon sandwich?). A word of caution if you’re hoping to snag one of the eight small tables: the place fills up quickly so be prepared to wait a few minutes to get seated.

After placing our order, we waited anxiously to get our hands on the Roast Beef 1000 ($8.25), Cutty’s best-known sandwich. The roast beef is cured overnight, Kelsey says, and rubbed with a spice salt that tenderizes and changes its texture. It is complemented by the shallots, the sweet tang of Thousand Island dressing (with an extra kick of horseradish), and sharp cheddar cheese and served on a toasted brioche bun. It’s easy to see why it is the eatery’s most requested item.

Cutty’s slow-roasted pork, normally served only on Saturdays, takes three days to prepare, and is found in the pork fennel sandwich (pork, pickled fennel, roasted garlic, sesame seed roll) and the pork rabe (pork, sautéed broccoli rabe, sharp provolone, sesame seed roll) both are $8.95. But on the weekday we visited, the restaurant was offering a special spicy pork torta sandwich ($7.99) (above): carnitas-style pork, served with spicy mayonnaise, homemade pickled onions, and plenty of cilantro on a homemade sesame torta roll. The bun was crispy and buttery.

If you’re watching your carbs, there are some delicious alternatives: shoot for the tomato soup ($2.95 for a small, $3.95 for a large) or the fennel and peanut salad ($7.95), mixed greens with shaved fennel, crispy shallots, peanuts, and aged gouda, with either a vinaigrette or the tangy house dressing.

Pair your meal with some of the add-ons displayed on the counter, like the fresh potato chips ($2, and a serious step up from Lay’s), brown sugar or chocolate chip cookies ($.95), and classic Rice Krispies Treats ($1.95). Because the restaurant does everything well, one can hope the dessert menu will expand. For drinks, try the Cutty’s Limeaid ($1.95 for a small, $2.25 for a large)—fresh lime juice, simple syrup, and vanilla sugar. It’s tart and not too sweet. Cutty’s doesn’t sell bottled water, but diners can help themselves to a large jug of free tap water.

As noted earlier, the restaurant serves breakfast, too. The breakfast sandwich (scrambled eggs and sharp cheddar on a brioche bun, $5.25) lets diners personalize with truffle ketchup, spicy mayo, or red-eye mayo as a garnish. You can also add bacon, ham, or sautéed Swiss chard ($1.75). Also on offer is homemade yogurt with granola ($3.95) and crumb cake ($1.85)

Cutty’s specials are regularly posted on its Facebook and Twitter pages.

“We haven’t been opened long, but we’re excited at how well we have been received,” Kelsey says. “We’re really enjoying serving people and having fun while doing it.”

Whether for breakfast or lunch, this is a restaurant worth visiting.

Cutty’s, 284 Washington St., Brookline, is open Monday through Saturday from 8 a.m. to 3 p.m. lunch begins at 11 a.m. To get there, take the T’s Green Line D trolley to the Brookline Village stop. It’s about a five-minute walk from there. Parking around Washington Street can be a little tight, so be prepared. Phone: 617-505-1844. Cutty’s takes all major credit cards. A menu can be found here.

This is part of a weekly series featuring Boston lunch spots of interest to the BU community. If you have any suggestions for places we should feature, leave them in the comments section below. Check out our list of lunchtime tips on Foursquare.


Assista o vídeo: Sanduíche de porco desfiado. Kitchen Stories (Junho 2022).


Comentários:

  1. Daigami

    Eu vi ... eu vi…. Tudo está exagerado demais, mas legal)))

  2. Katia

    Na minha opinião você não está certo. Vamos discutir isso. Escreva para mim em PM, vamos conversar.

  3. Zulugal

    Na minha opinião, você está errado. Tenho certeza. Eu posso provar. Envie -me um email para PM.

  4. Colman

    Que frase ... super, excelente ideia

  5. Mazugor

    Bravo, esta frase notável é necessária apenas a propósito

  6. Vijas

    Quero dizer, você permite o erro.



Escreve uma mensagem